Santo Antônio do Monte recebe a visita de Dom Mauro Morelli

Presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Minas Gerais (CONSEA-MG) e Bispo Emérito de Duque de Caxias, Dom Mauro Morelli foi recebido pelo Prefeito Wilmar de Oliveira Filho na última terça (30/09)
Publicado em: 2 de Outubro de 2014. Última Atualização: 6 de Julho de 2015


Referência na defesa da segurança alimentar e nutricional como direitos do cidadão, Dom Mauro Morelli é uma figura emblemática no combate à miséria e à fome no Brasil. Foi um dos fundadores do Movimento pela Ética na Política e ao lado de Herbert José de Souza, fortaleceu a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida. Esteve à frente da criação do conceito de segurança alimentar enquanto combate à fome e atuou como membro do Comitê Permanente de Nutrição da ONU. Além de ter presidido os conselhos de segurança alimentar nacional, paulista e mineiro. Em 2004, fundou o Instituto Harpia Harpyia – Agência de Defesa e Promoção do Direito à Alimentação e Nutrição, com sede em Indaiatuba, São Paulo.
 
O encontro com o Prefeito Wilmar de Oliveira Filho foi realizado no Paço Municipal, com a participação do Subsecretário de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária Edmar  Guariento Gadelha, dos Secretários Municipais Márcia Bernardes (Educação), Raquel Teixeira (Saúde), Karina Faria (Assistência Social), Vice-Presidente da Câmara e Vereador Francisco Libério de Faria, Padres Adelzire Aparecido de Moraes e Carlos César de Faria (Paróquia Santo Antônio), Padre José Batista Pereira (Paróquia São João Bosco), Presidente da Comissão Regional de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável  (Centro-Oeste) Regina Lúcia Bicalho e da Presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar Sônia Aparecida de Faria Resende. Também estiveram presentes os assessores do CONSEA-MG, Waldeci Campos de Souza e Joaquina Júlia Martins.
 
A vinda de Dom Mauro Morelli a região do Vale do Rio Itapecerica, entre outros propósitos, tem o objetivo de sensibilizar os municípios para a relevância da construção de uma agenda estratégica em Minas Gerais, focada na exigibilidade do Direito Humano à Alimentação Adequada. “Nosso objetivo é fazer uma articulação pela implementação municipal e regional da lei federal 11.947/09 sobre alimentação escolar, de forma que nas escolas haja alimentação saudável. Eu também vou trabalhar junto ao Congresso nacional para que façamos uma evolução de 200 dias de alimentação escolar para 365 dias. Alimentação escolar saudável todos os dias do ano é uma solução e um grande desafio. Nossa visita à região tem o objetivo de mantermos contato para realizarmos um seminário técnico que envolva as parcerias entre agricultura familiar, igrejas, municípios e universidades para trabalharmos estas propostas. A intenção é colaborar com a região. Meu desejo é que na nossa bandeira onde se escreve ordem e progresso, se escreva educação e nutrição”, disse Dom Mauro na abertura da reunião.
 
“Como médico, posso dizer que temos em comum a mesma preocupação com a valorização da vida e o senhor pode ter certeza que tem o compromisso absoluto de Santo Antônio do Monte. Hoje temos um Laboratório de Doenças Crônicas, em que fomos selecionados entre cidades como Juiz de Fora e Curitiba como referência para essa implantação. Em um ano e meio de trabalho já temos resultados significativos tanto sobre a mortalidade materna infantil como a mortalidade causada pelas doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial. Temos dados fornecidos sob a supervisão da UFMG e Universidade Federal de São João Del Rey. Este Laboratório também é supervisionado pelo Dr. Eugênio Villaça juntamente com a Organização Pan-americana de Saúde, junto com o Conselho Nacional de Saúde. Na semana passada, tivemos aqui a visita das Secretarias de Saúde do Paraná, Ceará e de São Paulo visitando os projetos da Atenção Primária e Secundária. Nós tivemos recentemente uma audiência pública junto com o Ministério Público Estadual, onde apresentamos nosso modelo de saúde em Santo Antônio do Monte. Somos a cidade com o menor índice de infestação por Aedes Aegypit e nos últimos dois anos não tivemos nenhum caso de gripe suína. A sua preocupação com a nutrição do ser humano como um direito a cidadania e a saúde também é nossa preocupação. Atualmente temos uma feira de agricultura familiar aos sábados e vamos investir na infraestrutura dela com um projeto de cobertura para que ela possa crescer e proliferar. Já temos emenda orçamentária do recurso para esta obra que transformará a área da feira numa área de múltiplos eventos”, disse o Prefeito Wilmar Filho antes de agradecer a visita de Dom Mauro. “Fico muito honrado com a presença do senhor, conheço sua história, acompanho seus passos e só posso dizer que nosso município, minha pessoa e os colaboradores da nossa administração estão à sua disposição”, completou.
 
Educação e nutrição
 
A Secretária Márcia Bernardes apresentou a estrutura nutricional ofertada na rede municipal de ensino. “Convido Dom Mauro para conhecer nosso programa de alimentação escolar, onde trabalhamos dentro dos parâmetros legais. E tanto para crianças dentro do período de quatro horas oferecemos o cardápio que atende a exigência nutricional bem como para as crianças que permanecem oito horas nos CEMEIs. É um cardápio feito por duas nutricionistas muito capacitadas, além disso, são desenvolvidas uma série de atividades e palestras tanto para as crianças como para as auxiliares de serviços nas escolas. Eliminamos as vendinhas das escolas, portanto no ambiente escolar não é vendido nenhum alimentado inadequado. Toda criança tem o direito e deve merendar aquele cardápio que já é preparado para garantir a saúde infantil. As nutricionistas acompanham o peso das crianças e quando é detectada a obesidade, a família é orientada. As nutricionistas não tratam o caso, mas encaminham para a Unidade Básica de Saúde mais próxima da criança e fazem o acompanhamento em parceria com a Secretaria de Saúde. Já adquirimos vasilhames adequados segundo normatização e conseguimos hoje adquirir 35% de alimentos da agricultura familiar, enquanto a lei determina 30%. Enfim, o município cumpre as determinações e metas nutricionais, mas nosso objetivo é trabalhar para melhorar sempre”, explicou.
 
Assistência Social e segurança alimentar
 
“Sobre a Secretaria de Assistência Social, acho importante destacar o empenho que temos para fortalecer a agricultura familiar. Nós temos o CONSEA municipal e dentro da Secretaria de Assistência Social temos uma secretaria executiva para o CONSEA e o os outros conselhos de direito. Assim oferecemos todo o suporte administrativo para o funcionamento do CONSEA e da ASPROSAM, que é a Associação de Produtores Familiares do município. Temos profissionais, temos computadores disponíveis, recebemos as verduras e frutas da agricultura familiar na própria secretaria e fazemos a dispensação para as famílias carentes do município. Temos ainda o projeto Cesta Verde que desenvolvemos em parceria com a ASPROSAM através do programa de aquisição de alimentos com as unidades do CRAS. Então aqui no nosso município já temos essa visão que o Dom Mauro Morelli tem. Semanalmente, o CRAS realiza um grupo com as famílias beneficiadas pela Cesta Verde e não menos que 50% de famílias recebem por mês uma cesta de verduras e frutas. Para além de oferecer esta cesta, oferecemos a educação alimentar. Para que a família seja incluída no projeto, é necessário que haja a avaliação de uma nutricionista ou um médico da Unidade Básica de Saúde e no desenvolver do projeto contamos com o acompanhamento da nutricionista que junto com os profissionais do CRAS conduz os grupos. Estes grupos tratam de diversos temas sobre direitos sociais que possibilitem a essas famílias saírem da situação de escassez alimentar. Então, nós temos esse olhar para a alimentação como parte fundamental do desenvolvimento da pessoa. E nos empenhamos em favorecer a agricultura familiar com o contato próximo com os produtores e podemos dizer que nossa relação é fraternal. A própria feira tem o suporte da administração. Estamos muito felizes com a vinda do CONSEA estadual ao município e com uma expectativa muito positiva do que pode melhorar. Porque a gente sempre pode melhorar”, destacou Karina Faria.
 
Além de Santo Antônio do Monte, Dom Mauro Morelli visitou sete municípios no Vale do Rio Itapecerica, em três dias de agenda na região. 




TAG's: Santo, Antônio, Monte, recebe, visita, Mauro, Morelli

Inicial | Voltar
Link permanente: