Prefeito Dinho do Braz ouve moradores do bairro Planalto

Publicado em: 9 de Outubro de 2017.


Na última quarta (04/10), o Prefeito Dinho do Braz esteve no bairro Planalto com integrantes da associação de moradores AMPLAN, acompanhado dos vereadores Tião MirandaFernanda CastroRasteira e Gustavo Couto. O objetivo foi ouvir e responder cada uma das reivindicações. “A oportunidade de uma conversa dessas é muito importante porque podemos passar informações concretas. Eu não me nego à ir aos bairros, quero estar presente em todos os lugares para levar informações corretas. Quando precisarem de mim, continuo à disposição”, declarou o Prefeito. Os representantes da associação Alex Júnio Gonçalo (Presidente) e Claudia Zelaine Santos (Vice) agradeceram a disponibilidade do Prefeito e vereadores. Além da doação de um terreno para a construção da sede da associação e melhorias na praça, Dinho do Braz abordou os seguintes temas:

 

CONCLUSÃO DO ASFALTAMENTO


“O asfaltamento veio pelas emendas dos Deputados Domingos Sávio e Tiago Ulisses, divididos em duas etapas de R$500 mil. A primeira etapa foi concluída e agora aguardamos a liberação da segunda parte da verba para acionar a empresa e terminar as obras, que incluem passeios e sinalização das ruas. No início de novembro, vou a Brasília correr atrás da liberação do restante do valor”.

 

CONCLUSÃO DA ESCOLA 


“A empresa que venceu o processo licitatório não teve capital para concluir a obra. E nós tivemos que fazer todo o processo administrativo para justificar liquidar a empresa que foi processada e multada. A nova licitação está marcada para o próximo dia 30/10. Quero acabar a obra até o fim do primeiro semestre de 2018. É uma obra grande e nós vamos cobrar para que a empresa construtora tenha a responsabilidade de cumprir o prazo do edital”.

 

COPASA


“Em 2015 processamos a COPASA e a Justiça deu um prazo para que ela faça nova captação de água lá no Córrego Diamante. Já desapropriei a área onde será a captação e a COPASA nos informou que inicia as obras até março de 2018 e conclui em agosto do mesmo ano. A empresa já foi multada em mais de R$ 1 milhão. A crise hídrica é um problema de 20, 30 anos e infelizmente a escassez tende a piorar. Mas nós estamos tomando as atitudes que já eram necessárias há anos atrás”.

 




TAG's: Prefeito, Dinho, Braz, ouve, moradores, bairro, Planalto

Inicial | Voltar
Link permanente: