Mostra sobre mineiridade

CEMM
Publicado em: 26 de Julho de 2011. Última Atualização: 8 de Julho de 2015



Carlos Drummond de Andrade, Ivan Ângelo, João Guimarães Rosa, Fernando Sabino. Foram muitos os poetas e escritores que se dedicaram a definir e entender o sentimento de pertencimento que envolve a culinária, as tradições e os costumes típicos de Minas Gerais. O Centro de Memória Municipal “Dr. José de Magalhães Pinto” - CEMM, celebra o Dia do Estado de Minas Gerais, comemorado dia 16 deste mês, resgatando versos e textos destes “biógrafos da mineiridade”, através de exposição dedicada à cultura mineira.

“Existe uma lei estadual, que data de 1979, instituindo 16 de Julho como o Dia de Minas Gerais, data da descoberta da cidade de Mariana, a primeira capital do Estado", conta a Diretora do CEMM, Ana Aparecida da Silva (Nena). No salão do CEMM, além de painéis com textos sobre o vocabulário mineiro, o sotaque e curiosidades, estão expostos utensílios e objetos que remetem a expressões da cultura de Minas, como a Folia de Reis e o Congado.

O acervo permanente do Centro de Memória continua aberto para visitação, mas a iniciativa de promover constantes exposições e mostras temporárias, visa despertar o interesse e aproximar o público do ambiente museológico. "Trabalhamos um conceito diferenciado do senso comum de que os centros de memória são ambientes estáticos e descontextualizados do contemporâneo", explica Nena.

Serviço
Centro de Memória Municipal "Dr. José de Magalhães Pinto" - CEMM
Avenida Cel Amâncio Bernardes, 181, Centro
Horário de Visitação: 08:00 às 17:00 horas, de segunda à sexta-feira.
Contato: (37) 3281-7326
 




TAG's: Mostra, sobre, mineiridade

Inicial | Voltar
Link permanente: