Educação Patrimonial

Jornada Mineira do Patrimônio Histórico 2013

O conhecimento por parte das comunidades e dos indivíduos do seu patrimônio, da história e da cultura dos locais onde vivem é significativo para o processo de preservação dos bens culturais e também para fortalecer os sentimentos de identidade, que os façam se sentirem sujeitos ativos da história.


O patrimônio passa a ser realmente nosso se o conhecermos e o reconhecermos como um legado que temos que conservar para as gerações futuras. Tal legado constitui uma riqueza cultural, nossa memória, nossa marca particular que nos confere identidade e nos permite diferenciar dos demais.

É fundamental estimular às comunidades para que se apropriem de todos os lugares, histórias, objetos, monumentos, tradições, saberes e fazeres herdados e produzidos pelos grupos que as constituem.


Projeto Educar

 

Desde 2013, o Projeto Educar é promovido pela Secretaria Municipal de Cultura de Santo Antônio do Monte em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, visando a Educação Patrimonial das nossas crianças enfatizando a preservação do patrimônio histórico. A cada edição, um novo tema é abordado sob a coordenação do professor Eli Antônio da Silva.

 

Em 2016, o tema é "Nosso Lugar, Nossa História". “Este ano teremos um número recorde de participantes e cada vez mais buscamos ampliar as ações, diversificando as escolas participantes para fortalecer o Projeto. Além de ser essencial à formação de nossas crianças e jovens, a iniciativa traz recursos para o município no que tange ao ICMS Cultural, programa do Governo Estadual que contempla as cidades que realizam ações de Preservação e Proteção do Patrimônio Histórico e Cultural", explicou o responsável pelo projeto, o professor Eli Silva.

 

"Nosso município sempre se destacou na pontuação obtida no IEPHA, órgão que fiscaliza estas ações. Indiferente das dificuldades, sempre mantivemos nossa média e continuaremos assim”.

 

Além das aulas expositivas, os alunos do Ensino Fundamental visitarão os bens históricos tombados na cidade, assistirão palestras com pessoas ligadas as nossas tradições e participarão de atividades dentro e fora das escolas, tudo isso visando a conscientização. "Precisamos despertar o sentimento de pertencimento em relação a nossa história e a nossa cultura ainda na infância", completou Eli.

 

Experiências em Educação Patrimonial
Já foram desenvolvidos os seguintes projetos:

2006: Foi realizada a Gincana Cultural: o projeto foi executado em duas etapas - a primeira, uma mini-gincana para resgatar a história da Escola onde se estuda e do local onde ela está localizada; a segunda etapa constou de tarefas diversas para identificação e caracterização de bens culturais materiais e imateriais pelos grupos vitoriosos em cada escola, durante a primeira etapa. 

2007: Neste ano, foram executados dois projetos:
Projeto Um olhar atento sobre Santo Antônio do Monte através de imagens (Eleição de Cartões Postais): Foram editados cartões postais com fotografias de bens culturais de Santo Antônio do Monte nas categorias: bens tombados, estruturas arquitetônicas rurais sítios naturais,  patrimônio imaterial e memória (fotos antigas). Os bens foram escolhidos mediante votação pela comunidade. Foram colocados cartazes com os diversos bens, em repartições públicas tais como escolas, bancos e órgãos da Prefeitura Municipal. 

Projeto “Um olhar atento sobre minha comunidade”: Foi realizado um trabalho de feito um trabalho de reconhecimento e inventário dos diversos bens culturais tangíveis e intangíveis. No desenvolvimento do projeto foram abordados os seguintes núcleos temáticos: Bem Cultural: definição, importância, significado; A casa e arredores; Os modos de trabalho; Crenças, tradições e lazer.

2008: Um olhar atento sobre a cultura afro: O Projeto visava  conscientizar os alunos sobre a contribuição do africano na construção da história de Santo Antônio do Monte e do vasto legado cultural legado por este povo, valendo-se dos diversos bens culturais já inventariados, tais como o Arquivo do Judiciário, a casa do Pião, a Festa de Reinado, e outras manifestações como a linguagem, os casos, as músicas.

2009 a 2012: A criança no Centro de Memória: O projeto propõe a interação de alunos do quinto ano do Ensino Fundamental, bem como das professoras e comunidade escolar, com o acervo museológico do Centro de Memória Municipal. Visa ainda tornar as visitas ao Centro de Memória um momento de partilha, de construção de significados, tornando-se um instrumento de “alfabetização cultural” que auxilie os alunos e professores a fazer a leitura do mundo que o rodeia, motivando-os a compreender o universo sócio-cultural e a trajetória histórica na qual estão inseridos.

2010: Um olhar atento sobre Santo Antônio do Monte, através das figurinhas. 

O Álbum de Figurinhas é um dos produtos advindos do Inventário Cultural que é um mapeamento dos bens culturais significativos do município. Durante o Inventário Cultural foi produzido um rico acervo fotográfico que retrata o cotidiano, as manifestações culturais do município de Santo Antônio do Monte. 

Dentre estas imagens foram selecionadas 32 para compor o álbum que contém ainda uma série de informações sobre o município. O material é um suporte interessante para aulas de História/Geografia para alunos do Ensino Fundamental I.   Se você desejar conhecer o álbum de figurinhas, clique no link a seguir ou busque um exemplar na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

 

Álbum de Figurinhas: "Um olhar atento sobre Santo Antônio do Monte"

 




TAG's: Educação, Patrimonial

Inicial | Voltar
Link permanente: